Teria sido certo não tivesse sido tudo perfeito. Encontrou os lugares comuns perfeitos que poderiam ter sido o lugar onde eu teria escolhido ficar para sempre. Nunca me apaixonei tanto por um som como o da sua voz a acordar-me e dos beijos esporádicos durante a noite quando nos encontrávamos a mudar as posições no mesmo colchão. Nunca esquecerei as vezes que procurou a minha mão para me dar segurança quando a multidão me empurrava a perder-nos um do outro. Não esquecerei as promessas. Teria sido tudo certo até quando me indicava o melhor lugar na árvore de Natal para encaixar os enfeites, nem os abraços a contamplá-la finalizada, como se o tempo acabasse ali, como se não chovesse, não houvesse frio, nem tristeza, nem perda, nem um avião só de ida. Não esquecerei o tempo a escorregar, lento, estranho, pesado e vazio e eterno e constante, a repetir e a querer fugir. A fugir, a fugir como um colar de missangas que se parte e não tem reparo. Não esqueço. E não esqueço o dia em que, sabendo que seria o teu ultimo cá, perdi horas a olhar-te dormir. Pensava em acordar-te, em sair sorrateiramente daquele lugar onde criámos tantos sonhos, onde sonhámos tantas hipóteses e quebrámos tantas promessas juntos. Trocava os meus dedos no teu braço e peito, no teu rosto e pescoço e sabia que tudo seria perfeito se não tivesse sido tudo tão certo. Contava os segundos da tua respiração e embalava-me no ritmo de pensar que finalmente ali nos estávamos a alinhar. Vi a sombra do sol despedir-se pelo caminho do teu quarto até acordares molengosamente, com os olhos meigos que nos fazem perder tudo até o chão e o mundo. Se me puderes tirar tudo tira-te a ti de mim, não te identifiques comigo, não te coadunes com a minha perda, não me prometas que também a ti te magoa. Leva os teus sonhos para onde o teu voo te levou e quebra a promessa que me fizeste em nunca me deixar morrer nos meus próprios medos. Achamos sempre que podemos ser melhores apesar de fazermos tanto.

1 comentário:

  1. Um Texto muito bem conseguido. Acabei a ler as explicações seguintes. Um blog cheio de emoções que cativa à permanência.

    ResponderEliminar