Crescer implica saber passar os indicadores por baixo dos olhos para que o lápis não  borre. Implica morder o lábio para não dizer não aguento mais. A primeira vez de sempre que caímos vamos de cara ao chão. A partir daí o que bate primeiro são as mãos. É isso que implica crescer. Já ter passado por isso. Já saber, saber protegermo-nos. Crescer implica saber que não podemos ser felizes. E saber exactamente o porquê. Porque um dia vamos ao chão e as mãos não chegam. Crescer implica saber que não chega e arruinar todas as hipóteses porque o medo de ir de cara ao chão é maior. Crescer é ter medo e eu cresci tanto este ano.

Sem comentários:

Enviar um comentário