Os dias começam a suceder-se devagar e pegajosos com este calor. As aventuras de Junho foram substituídas pelas tardes no sofá com as marcas das persianas nas pernas. Estou sempre a lembrar-me do curso que tirei de escrita de ficção para tv onde me disseram que quanto mais problemas interiores a personagem tiver, melhor.   

Sem comentários:

Enviar um comentário